Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

NOTA À IMPRENSA

Publicado: Quarta, 16 de Setembro de 2020, 22h21 | Acessos: 323

Retorno das aulas presenciais no Sistema Colégio Militar do Brasil (SCMB)

 A partir do último dia 11 de março, os Colégios Militares tiveram suas atividades escolares presenciais suspensas, em face do reconhecimento da situação de emergência na saúde pública nos diferentes estados da Federação.

Desde então, os alunos tiveram o prosseguimento das atividades escolares em ambiente virtual de aprendizagem (AVA) e os docentes que se encontravam inseridos nos grupos de risco adotaram o teletrabalho e continuaram a exercer as suas atividades pedagógicas. Esse meio virtual não contempla toda a complexidade que envolve o ensino-aprendizagem, em especial o contato direto dos discentes com os seus professores, essencial para o atingimento dos objetivos previstos na proposta pedagógica dos Colégios Militares.

A Diretoria de Educação Preparatória e Assistencial (DEPA), responsável pela coordenação, controle e supervisão das atividades dos Colégios Militares (CM), embasada nas orientações dos Ministérios da Defesa, da Educação e da Saúde, do Comando do Exército e do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx), orientou o planejamento da retomada das atividades presenciais, com uma rígida vigilância sobre os protocolos sanitários previstos para essa situação.

Todos os colégios do nosso Sistema estão muito bem preparados para atender às necessidades de proteção dos seus integrantes em relação à pandemia da COVID-19 e em condições de cumprir as regras sanitárias impostas. O retorno às atividades presenciais ocorrerá de forma gradual, iniciando com os alunos do Ensino Médio.

Na entrada dos Colégios Militares, há postos de triagem, onde estão disponibilizados álcool em gel e/ou borrifador de álcool líquido, para higienização das mãos e de objetos; há, também, equipamentos para a aferição de temperatura. As salas de aula foram adequadas para atender às normas de sanitização, e os alunos estão sendo conscientizados para o cumprimento dos procedimentos de higienização e afastamento, como já ocorre nos Colégios Militares de Manaus, Belém e Rio de Janeiro. As instalações estão desinfectadas e são organizadas de forma que mantenham a distância mínima de 1,5 metros entre as pessoas. As portas e janelas das salas de aula permanecerão abertas durante o seu uso, possibilitando a ventilação e a circulação de ar.

O Sistema Colégio Militar do Brasil, valorizando o seu maior patrimônio, as pessoas, cuida da saúde dos seus integrantes e da qualidade da educação proporcionada ao seu corpo discente. Respeita as necessidades dos alunos e profissionais pertencentes aos grupos de risco, os quais permanecerão conduzindo as suas atividades em AVA. Dessa forma, a excelência do processo ensino-aprendizagem, marca indelével do nosso Sistema, será mantida.

Considerando todas essas situações e pelo seu enquadramento como estabelecimentos de ensino oficial de natureza ‘sui generis’, entende-se que os Colégios Militares reúnem excelentes condições para o retorno de seus alunos às atividades presenciais, o que ocorrerá a partir do próximo dia 21 de setembro.

registrado em:
Fim do conteúdo da página